Paz em tempos difíceis

Queria compartilhar a alegria de ter reencontrado esse livro, que, por volta de 2001, foi muito importante pra mim. Ele tem prefácio de Sua Santidade o Dalai Lama, com algumas reflexões muito boas para o nosso momento aqui na terra. Ele enfatiza a Paz Interior como o bem maior do ser humano. Me lembro que, na época, eu estava vivendo um momento existencial muito difícil. Ao longo daqueles meses, alcancei uma súbita compreensão de que o que eu sempre buscara realmente fora Paz Interior. Ao longo da jornada, eu dera muitos nomes para ela: o amor de um homem, um título acadêmico, um cargo, uma viagem, um curso, questões da minha filha e dos meus pais… Enfim, entendi, naqueles dias de completa escuridão, que eu sempre buscara Paz, só isso, e que, a despeito da noção de que ela dependia de fatores externos, isso não era verdade: ela dependia de mim. Acreditem, só de mim. No prefácio do livro de Tara, o Dalai Lama afirma a Paz Interior como valor maior e esclarece que ela é perturbada pelas emoções descontroladas, ou seja, pensamentos e emoções negativos (ódio, raiva, orgulho, luxúria, inveja, ganância…). Afirma que estes são, igualmente, a base de todas as condutas não éticas, assim como a base da ansiedade, depressão, confusão e estresse. Comecei a verificar isso no meu dia-a-dia e fiquei surpresa com a simplicidade e a realidade desse ensinamento. Nossos pensamentos e emoções negativos e, portanto, antiéticos – já que desconsideram, por si só, a empatia (se colocar no lugar do outro e não fazer a ele o que não gosto que me façam)-, afetam nosso padrão vibratório, causando a perda de nosso equilíbrio e paz interna, donde surgem ansiedade e estresse. O mais interessante foi a ligação feita por Sua Santidade entre a perda de Paz Interior e as doenças físicas, já que hoje já é reconhecido que as doenças são resultado de estados emocionais de desequilíbrio, que, após se manifestarem em nossos corpos energéticos, não visíveis a olho nu, atingem a nossa dimensão física. Enfim, sou grata por ter reencontrado este livro e recordado sua riqueza de ensinamentos. Em dias nebulosos como os que a terra atravessa, nenhum recurso é demais para nos auxiliar a manter, dentro de nós, a Paz Interior…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s